Renegociar o crédito habitação – sim ou não?

📘  Artigo escrito por Gaiacasas

  ago 12, 2022 | Tempo de leitura 3m

Renegociar o crédito habitação



renegociação do crédito habitação

Está na dúvida se deve ou não renegociar o seu crédito habitação?

Veja quando o deve fazer.

É verdade que, quando escolheu o seu banco para contratar crédito habitação, este tinha as condições que mais lhe convinham.

Mas, a dinâmica do crédito e das instituições bancárias, faz com que, muitas vezes, as coisas mudem.

Não deve sentir-se “preso” a um banco apenas porque contratou crédito habitação nele.

Pelo contrário, pode e deve mudar para outro banco se tiver melhores condições, pois isso significa que pode vir a poupar muito dinheiro em juros.

Por exemplo, suponhamos que para um crédito de 150.000€ a liquidar em 40 anos conseguiu um spread de 1,5%, mas agora outro banco está a propor-lhe um spread de 1%.

É verdade que, mensalmente, a diferença de 36,5€ pode não ser significativa.

Mas, multiplique esta diferença por 40 anos e vai ver que ganha outro significado, já que irá poupar, nada mais, nada menos, do que 17.500€.

Apenas é de alertar que deve ter atenção aos produtos financeiros que terá que subscrever para obter estas condições. É que, em certos casos, o custo para conseguir uma redução de spread podem não compensar.

"Um bom indicativo para usar como base de comparação é o Montante Total Imputado ao Consumidor (MTIC) e também a análise da Taxa Anual Efetiva Global (TAEG)."


dicas para renegociar




Não caia em incumprimento

Dificuldades em fazer face aos pagamentos de prestações mensais também são uma boa razão para ponderar renegociar o crédito habitação.

Faça isso ANTES de chegar a uma situação de incumprimento. Procure soluções junto do seu banco, pois existem meios para tentar resolver a situação.

Neste ponto precisa ter em conta que o custo do seu crédito habitação não contempla apenas a prestação propriamente dita.

Como já mencionado, para conseguir melhorar o spread, teve que subscrever seguros e outros produtos financeiros.

Cada um destes produtos pode ser negociado de forma independente da prestação, pelo que ainda deverá existir margem para baixar um pouco os encargos mensais.



Eventualmente, poderá compensar adquirir estes produtos fora do banco, mas preste atenção aos custos que terá com penalizações.

Quando a taxa vai deixar de ser fixa

Outra situação que pode levar a renegociar o crédito habitação é a aproximação do final do período com taxa fixa, não importa por quanto tempo esteve nessa modalidade.

Procure formas de poupar, seja mantendo uma taxa fixa, seja passando para uma taxa variável. É importante voltar a analisar com o banco as condições do crédito.

Atualmente, mesmo que opte por voltar a ficar com taxa fixa, devido à subida da Euribor, dificilmente conseguirá as mesmas condições que teve até aqui.

Quanto a optar por taxa fixa ou taxa variável, uma grande diferença prende-se com o facto de que a comissão em caso de reembolso antecipado é quatro vezes mais alta em créditos contratados com taxa fixa do que para um crédito de taxa variável.

Por esse motivo, pense bem nos pontos positivos e negativos de cada opção e considere o que o deixa mais confortável.

Consolidação de créditos – como funciona

Em tempos de instabilidade económica é comum ouvirmos falar de consolidação de créditos. Por vezes, essa opção visa obter maior liquidez mensal, outras vezes é uma forma de poupar algum dinheiro.

Conforme a situação individual, uma consolidação de crédito pode poupar muito dinheiro ao final do mês.

Mas, para solicitar consolidação de crédito, não pode ter prestações em atraso e terá que ter um fiador ou dar uma garantia ao banco.

O banco analisa o índice de risco de cada cliente. Por exemplo, em situações de desemprego, é pouco provável que o banco permita consolidar créditos.

No que diz respeito à consolidação de créditos, o que deve levar em consideração é que a longo prazo irá pagar mais juros enquanto decorre o contrato de crédito.



Assim, uma forma de tirar melhor partido desta medida, é aproveitar a redução de taxa de esforço e a maior liquidez mensal para ir amortizando o empréstimo no decorrer do tempo.

Renegociar o crédito habitação quando a situação melhora

Mas, não pense que a renegociação de crédito é apenas para quem está numa situação financeira pior.

Na verdade, ter um emprego mais estável, ganhar um salário melhor, ou ter menos encargos com outros créditos são boas razões para tentar renegociar o crédito com o seu banco, uma vez que estes fatores o tornam um cliente potencialmente mais seguro.

Em alguns bancos, o spread pode ser bastante mais baixo para quem tenha maiores rendimentos. Pode também conseguir melhores condições para contratar serviços ou produtos do banco se tiver património mobiliário e, logicamente, isso pode ajudar a reduzir a prestação mensal do crédito habitação.

Em resumo, se a sua situação financeira mudou – para melhor ou para pior – não hesite em verificar junto do seu banco o que pode fazer para renegociar o crédito habitação.




como mudar o credito

"Os desgovernados culpam sempre os bancos quando entram na bancarrota - Nino Carneiro - Escritor"


copywriter
Gaiacasas

Somos uma equipa apaixonada e motivada com o objetivo de criar uma experiência ímpar a quem compra, vende ou aluga casas. Já são 16 anos a contribuir com dedicação e profissionalismo no sector imobiliário e adoramos partilhar todo o nosso conhecimento com o público em geral.



Obrigado pelo vosso apoio!

A entregar os melhores artigos imobiliários



newsletter

Subscreva a nossa Newsletter

Receba os artigos no seu email semanalmente



Leia mais artigos em Destaque

Mais valias

Saiba tudo sobre mais-valias – guia completo

Guia completo da Mais Valias

Quero ler este artigo
chave dentro de casa

O que fazer quando se esquece da chave dentro de casa

Recuperar a chave de casa

Quero ler este artigo
 Aumento das rendas

Aumento das rendas em abril de 2022

Aumento das rendas

Quero ler este artigo
Manifestações de fortuna – o que deve saber

Manifestações de fortuna – o que deve saber

Manifestações de fortuna

Quero ler este artigo
garantia

Garantia de produtos: o que vai mudar em 2022?

Garantias de produtos

Quero ler este artigo
Dormir bem

Para dormir melhor no quarto estas são as dicas a seguir

Descanse bem, durma melhor

Quero ler este artigo
Fundo de reserva

Fundo Comum de Reserva: o que é e para que serve

Saiba o que é o Fundo Comum de Reserva

Quero ler este artigo

Tudo sobre poupar energia em casa e as casas inteligentes

Poupança e casas inteligentes

Quero ler este artigo
obras em casa

Fique a par das obras em casa que não precisam de licença

Saiba o que fazer em casa sem se preocupar

Quero ler este artigo

A tecnologia está sempre a evoluir e o ramo imobiliário está em constante mudança.
Queremos garantir que estamos bem posicionados para trabalhar no limiar desta indústria de uma forma significativa para que não nos falte um passo na entrega do melhor produto aos nossos cliente.

SEMPRE A PENSAR EM SI
sempre a pensar em si