Projeto BOX de Tiago Sousa – Uma casa nova dentro de uma ruína

📘  Artigo escrito por Gaiacasas

  abr 17, 2022 | Tempo de leitura 2,43 seg

Projeto BOX



a casa projeto box

Venha connosco numa visita virtual ao projeto BOX, a reabilitação de uma ruína muito especial, pela mão do talentoso arquiteto Tiago Sousa.

Tiago Sousa é arquiteto pela Universidade Lusíada do Porto, Universitá degli Studi di Roma La Sapienza - Prima Facultà di architettura Ludovico Quaroni e Facultà di Architettura Valle Giulia – desde 2012.

Tendo participado em vários Concursos e Projetos Internacionais em ateliers no Porto e em Roma, iniciou o seu próprio atelier em 2016, com uma prática dedicada à arquitetura e urbanismo com projetos singulares de diversos temas.

O projeto BOX surge em Paredes de Coura, mais concretamente em Romarigães. Trata-se da reabilitação de uma ruína, construindo uma nova casa.

Quanto a este projeto de reabilitação, Tiago Sousa refere que -

“um projeto de reabilitação é sempre um jogo de conflito entre a memória das experiências com a contemporaneidade do uso ou intenção. É neste jogo entre passado e presente, de memória e atualidade que o projeto se desenvolve, de forma rígida, estereotómica e aspeto rude. O volume existente apresenta uma geometria particular, uma geometria que se destaca e afasta da típica casa minhota"


casa do tiago sousa




Projeto BOX – uma visão de contrastes

BOX, trata-se de uma moradia que valoriza o largo em que se implanta, conforme se verifica na memória descritiva.

A intenção não é, de todo, desvanecer as diferenças entre “o velho e o novo”.

Pelo contrário, pretende-se provocar a que observa uma dualidade de sentimentos, pela inegável contradição de conceitos presentes no espaço.

Claramente trata-se dum jogo de equilíbrio e tensão entre a forma existente e a forma proposta.

Todo o enquadramento na nova proposta, tanto a nível de cor, como de forma e posicionamento, visam propositadamente dar destaque ao contraste entre “velho e novo”.

BOX – uma visita virtual



sala do projeto

Esta moradia está planeada para uso habitacional e é composta por dois pisos.


No piso inferior encontramos os espaços sociais, ao passo que no piso superior temos a zona mais privativa da habitação.





cozinha do projeto

Assim, no piso inferior temos cozinha, zona de jantar e sala de estar orientadas de norte para sul, respetivamente.

Trata-se de um espaço amplo, mas um arrumo, de certa forma, “reserva” a zona de balcão da cozinha e a zona de trabalho.

Ainda a contribuir para a distribuição e organização coerente do espaço, temos as escadas centrais que dão acesso ao piso superior.

Trata-se de muito mais do que um acesso funcional da moradia. São verdadeiramente um elemento ornamental, de desenho fluído e curvilíneo, mas de materiais robustos e visualmente impactantes (betão e madeira). Servem para diferenciar o espaço de jantar da sala de estar.

Já na zona mais privativa da casa estão dois quartos, arrumos e uma instalação sanitária.



fotografia do ivo tavares

Os quartos encontram-se um no alçado norte e outro a sul, são simétricos e possuem as mesmas dimensões, sempre respeitando a total simetria da planta. Todos os espaços, quartos, instalação sanitária e arrumos estão planeados de forma independente e são encerrados.

Houve ainda a intenção de não sobrecarregar os alçados interiores, razão pela qual parte das paredes e portas foram revestidas com ripado de madeira maciça (sapelly), para promover a ilusão de continuidade, minimizando interrupções no revestimento.

Ao longo de todo o ripado, no pormenor de um friso, das tampas dos quadros e nos puxadores encastrados no ripado, não é percetível a existência de abertura.

Descrevendo ainda a conexão entre o espaço de estar e o exterior da moradia, o arquiteto Tiago Sousa conclui com a seguinte referência:

“sem qualquer ampliação na implantação o programa organiza-se nos limites existentes e com base na relação do interior com o exterior. O espaço de estar relaciona-se com o exterior através de um plano de vidro progredido por outro elemento horizontal de betão que controla a intensidade da luz natural. É importante interpretar o lugar para projetar e organizar o objeto"


Fonte fotografia: Autor - IVO Tavares (Fotógrafo profissional de arquitetura) |Todos os direitos reservados|





casa em ruinas

"Arquitetura é um estado de espírito e não uma profissão"- Le Corbusier - Arquiteto urbanístico


copywriter
Gaiacasas

Somos uma equipa apaixonada e motivada com o objetivo de criar uma experiência ímpar a quem compra, vende ou aluga casas. Já são 16 anos a contribuir com dedicação e profissionalismo no sector imobiliário e adoramos partilhar todo o nosso conhecimento com o público em geral.



Obrigado pelo vosso apoio!

A entregar os melhores artigos imobiliários



newsletter

Subscreva a nossa Newsletter

Receba os artigos no seu email semanalmente



Leia mais artigos em Destaque

pés no aparelho de aquecimento

Manutenção dos aparelhos de aquecimento: dicas a não esquecer

Manutenção dos aparelhos de aquecimento

Quero ler este artigo
Casa a limpar a casa

Erros ao limpar a casa – saiba tudo o que deve evitar

Erros ao limpar a casa

Quero ler este artigo
Suspensão de vistos gold

Suspensão de vistos gold a cidadãos russos

Suspensão de vistos gold

Quero ler este artigo
La Redoute

Sabia que a La Redoute abriu uma loja no porto?

A La Redoute já abriu

Quero ler este artigo
Imposto Imi

De que forma podemos baixar o imi do nosso imóvel?

Desconto no imi

Quero ler este artigo
Mudança de hora

Mudança de hora: qual o impacto nas visitas a imóveis?

Mudança da hora de inverno

Quero ler este artigo

Tudo sobre poupar energia em casa e as casas inteligentes

Poupança e casas inteligentes

Quero ler este artigo
favoritos da crianca

As 4 divisões mais valorizadas em casa: Descubra quais

Confinamento, quarentena, isolamento: palavras a que nos habituamos

Quero ler este artigo
fundo de emergencia

Fundo de emergência: 3 Dicas essenciais para si

Como criar um e estar sempre prevenido

Quero ler este artigo

A tecnologia está sempre a evoluir e o ramo imobiliário está em constante mudança.
Queremos garantir que estamos bem posicionados para trabalhar no limiar desta indústria de uma forma significativa para que não nos falte um passo na entrega do melhor produto aos nossos cliente.

SEMPRE A PENSAR EM SI
sempre a pensar em si