Sabe o que é a consolidação de créditos?

Artigo do blog | Escrito por Gaiacasas

  dez 2, 2021 | Tempo de leitura 2,11 seg

Consolidação de créditos

consolidar-o-crédito

Este mecanismo financeiro poderá ajudar a estabilizar a sua vida financeira. Saiba tudo sobre a consolidação de créditos.

Durante a pandemia foram muitos os portugueses – e ainda o são – que tiveram as vidas virados do avesso, quer pela doença, quer pelas consequências da mesma.

E isto em muito envolve a vida financeira.

Por isso, a consolidação de créditos poderá ajudar as famílias mais endividadas.

É uma forma de ter alguma folga no orçamento mensal familiar e nas contas a pagar, visto que se trata da junção de créditos num só, passando a ter uma mensalidade única, com uma só data de pagamento.

“Diminuem os encargos e diminuem as preocupações."

crédito consolidado




Qualquer pessoa pode recorrer à consolidação de créditos?

A resposta é não, visto que tem de cumprir com determinados requisitos:

  • Não pode ter nenhuma prestação em atraso;
  • Tem de ter menos de 75 anos;
  • É preciso ter fiador ou apresentar garantias bancárias;
  • Não pode ter uma taxa de esforço elevada.

Ainda assim, o banco a quem solicitar a consolidação de créditos pode impor mais condições.

Quais são, então, as vantagens do crédito consolidado?

Para momentos difíceis, grandes remédios: é assim que se pode resumir a consolidação de créditos.

Pode, realmente, ser a muleta que tanto necessita. Confira as vantagens.

Poupança mensal

Como reduz o total das mensalidades que paga, terá mais dinheiro todos os meses. Ao invés de o gastar, aproveite para poupar.

Mais tranquilidade

Graças a esta ferramenta, deixa de ter diversos débitos na conta, em dias diferentes, e passa a ter um único débito, num só dia.

Facilidade em aceder a novos créditos

Ainda que isto ajude, poderá não ser suficiente, mas se tiver as contas sob controlo, então, poderá ser menos complicado conseguir a aprovação de um crédito adicional.

Ter melhores condições

Sabia que não é obrigado a fazer a consolidação de créditos na instituição onde tem a maior parte dos seus créditos ou à qual paga um valor maior?

Pode mudar de banco, mas, nesse caso, pode estar sujeito a várias taxas, pelo que deve fazer bem as contas para saber qual é a situação que mais o beneficia.

Consolidação de créditos: nem tudo são rosas.

É preciso conhecer bem os fatores que são avaliados durante um pedido de consolidação de créditos.

Prazos

Esta ferramenta financeira prolongará os pagamentos mensais, isto é, acabará de pagar tudo mais tarde.

Taxas de Juro

Existem algumas taxas às quais deve prestar especial atenção, sem esquecer o valor total a pagar:

  • Taxa Anual Nominal (TAN): que representa o custo associado aos juros do empréstimo;
  • Taxa Anual Efetiva Global (TAEG): inclui a TAN e demais encargos associados ao empréstimo
    auferido e não é um valor fixo;
  • Montante Total Imputado ao Consumidor (MTIC): é o valor total que pagará pelo crédito, isto é,
    a soma do valor pedido para o empréstimo juntamento com os juros, impostos, comissões, seguros e
    restantes encargos que possam existir.

Com a consolidação de créditos é comum conseguir baixar a TAN, nalguns casos até de forma exponencial.

Porém, o contrário poderá acontecer com a TAEG que, nalguns casos pode ter um aumento exponencial.

Comissões

Quando recorrer a um crédito, deve ainda considerar as diferentes comissões bancárias, das quais a comissão de abertura e o imposto de selo sobre a utilização do crédito (ISUC) são as mais comuns.

Além disso, algumas entidades financeiras exigem comissões periódicas, que acompanham o pagamento da prestação.



Com a consolidação de créditos, eliminará o pagamento duplicado destas comissões nos diferentes tipos de crédito que possuía e paga apenas um.

Seguros

É bastante comum a exigência de seguros associados a determinados tipos de crédito, mas não tem de o fazer na entidade que lhe dá o crédito.

Todavia, com a consolidação este cenário poderá ser uma condição obrigatória.

Agora que já está a par dos fatores que deve mesmo ter em conta na consolidação de créditos, peça uma avaliação a diferentes entidades bancárias para tentar reduzir as suas obrigações financeiras mensais, faça as contas e decida o que é melhor para si.





crédito consolidado

"Confiança não é crédito." – Desconhecido



Obrigado pelo vosso apoio!

A entregar os melhores artigos imobiliários

newsletter

Subscreva a nossa Newsletter

Receba os artigos no seu email semanalmente



Leia mais artigos em Destaque

Tarifa social

A Tarifa social da internet entra em vigor já em janeiro

Tarifa social da internet

Quero ler este artigo
Tons

Tons neutros na decoração: sim ou não?

Descubra tudo sobre os tons neutros

Quero ler este artigo
Investimento

Como distinguir um bom investimento imobiliário

Tudo sobre investimento imobiliário

Quero ler este artigo
Viver sem plásticos

Saiba como pode ter menos plástico em casa

Como descartar o plástico em casa

Quero ler este artigo
Piscina

Sonha construir uma piscina? Descubra como o fazer

O passo a passo que deve conhecer

Quero ler este artigo
mulher e animal

O senhorio pode proibir animais em casa?

Proibir animais em casa é um tema sensível

Quero ler este artigo
cuidados com verao

9 Dicas de manutenção da casa no verão

Previna-se com a chegada do calor

Quero ler este artigo
Imposto a pagar

IMT - O imposto que paga sempre ao comprar casa

Saiba o que é o imposto municipal

Quero ler este artigo
Alojamento Local

O Guia essencial do Alojamento local

Alojamento Local - Rentabilize a sua casa

Quero ler este artigo
newsletter

Subscreva a nossa Newsletter

Receba os artigos no seu email semanalmente

A tecnologia está sempre a evoluir e o ramo imobiliário está em constante mudança.
Queremos garantir que estamos bem posicionados para trabalhar no limiar desta indústria de uma forma significativa para que não nos falte um passo na entrega do melhor produto aos nossos cliente.

SEMPRE A PENSAR EM SI
sempre a pensar em si