Estores ou cortinas - vantagens e desvantagens

📘  Artigo do blog | Escrito por Gaiacasas

  nov 22, 2021 | Tempo de leitura 1,50 seg

Estores ou cortinas?



cortinas ou estores

As cortinas e os estores serão provavelmente um dos elementos mais subvalorizados na decoração de qualquer casa.




Muitas vezes temos tendência a prestar atenção redobrada às janelas, ao seu tamanho e à sua vista, mas depois descuramos a forma como as vamos tapar.

É que, com grandes vãos, veem também muita claridade e reflexos, que podem por exemplo prejudicar a televisão ou o ato de ler um livro com conforto e comodidade.

Assim, as cortinas e os estores são então um importante elemento decorativo, mas que servem também para garantir a privacidade no interior da casa, além de desempenharem um papel fundamental no que diz respeito à parte térmica e acústica da divisão em causa.

“Por isso, a grande questão que se coloca em relação a este tema é antes sobre o que escolher, estores ou cortinas?”



mulher com cortinas



No fundo, não existe uma resposta correta a esta pergunta porque ambas estão certas.

É que cada uma destas opções tem vantagens e desvantagens.

Assim, o truque passa por estar ciente de todos os prós e contras, avaliá-los de acordo com as suas reais necessidades e, no final, tomar uma decisão ponderada, informada e responsável.

Assim, preparámos este guia para o ajudar nessa decisão difícil sobre a decoração do seu lar.

Os estores

Os estores são uma opção muito comum nos apartamentos, até porque a maioria deles vem já equipada de origem.

Afinal de contas, estes são tão úteis, quanto eficientes.

Além disso, tem também a ver com o facto de serem uma opção melhor para janelas mais pequenas, o que normalmente acontece nos apartamentos das grandes cidades.

É que os estores não fazem muito volume, o que fica estranho num vão reduzido.

Mas a vantagem dos estores não fica por aí. São ainda muito mais higiénicos, por serem facilmente laváveis, o que vai mais ao encontro dos estilos de vida das grandes cidades, garantido uma manutenção mais fácil.

E, finalmente, têm a vantagem de permitir regular a luminosidade da sala de forma mais controlada, já que podem ser levantados ou baixados de acordo com as necessidades.

Isso não significa que não existam desvantagens a ter com conta na utilização dos estores. Começando logo pela parte estética.

É que estes não são tão chamativos quanto uma cortina e nada ecléticos, por exemplo.

Além disso, são igualmente mais caros do que uma cortina. Especialmente os mais modernos e avançados, como os elétricos.

E, finalmente, a sua manutenção pode sair dispendiosa. Nada é mais irritante do que uns estores encravados ou ruidosos e chamar um técnico especializado é, por norma, bastante caro.

As cortinas

Em comparação com os estores, as cortinas apresentam também prós e contras para o proprietário.

Na parte dos benefícios, um dos mais fortes tem a ver com a parte estética, já que estas são um elemento decorativo muito forte.

Permitem dar um aconchego e uma identidade a qualquer divisão.

Além disso, são também bem mais fáceis de limpar, já que podem ir à máquina de lavar, por exemplo.

Contudo, esta pode também ser uma desvantagem, já que para cortinas muito grandes necessita de as levar à lavandaria.

As cortinas têm ainda a vantagem de serem teoricamente mais vantajosas do que os estores, especialmente no verão, em que pode abrir as janelas e deixar as cortinas fechadas, garantindo menos luminosidade e maior frescura em simultâneo.

No entanto, existem também as desvantagens inerentes.

Como, por exemplo, um menor controle da luminosidade, já que estas apenas têm duas opções: abertas ou fechadas.

Finalmente, mas igualmente pertinente, é o facto de serem menos adaptáveis a vãos reduzidos.

É certo que são mais ecléticas, com vários designs, padrões e cores disponíveis, mas as cortinas não se adaptam tão bem a espaços menores, devido ao seu volume.

Além disso, exigem também mais espaço para instalação, uma vez que os estores ficam essencialmente no interior da parede e as cortinas necessitam de um varão por fora.





janela com cortinas

"A forma como vemos o mundo depende da janela por onde olhamos." - Isa Lisboa - Professora universitária


copywriter
Gaiacasas

Somos uma equipa apaixonada e motivada com o objetivo de criar uma experiência ímpar a quem compra, vende ou aluga casas. Já são 16 anos a contribuir com dedicação e profissionalismo no sector imobiliário e adoramos partilhar todo o nosso conhecimento com o público em geral.



Obrigado pelo vosso apoio!

A entregar os melhores artigos imobiliários



newsletter

Subscreva a nossa Newsletter

Receba os artigos no seu email semanalmente



Leia mais artigos em Destaque

Licença de habitação: o que é e para que serve?

Licença de habitação: o que é e para que serve?

Licença de habitação

Quero ler este artigo
Home Staging

Home Staging - vale a pena apostar para vender a sua casa?

Home Staging

Quero ler este artigo
máquina de secar

A máquina de secar consome muita energia? Veja como poupar

Consumo da máquina de secar

Quero ler este artigo
Procurar casa após a pandemia

Procurar casa depois da pandemia: o que valorizam os portugueses?

Procurar casa depois da pandemia

Quero ler este artigo
Mantenha-se quente

Frio lá fora? Saiba como ter a casa mais quente

Evite o frio. Mantenha-se quente

Quero ler este artigo
La Redoute

Sabia que a La Redoute abriu uma loja no porto?

A La Redoute já abriu

Quero ler este artigo
Tons

Tons neutros na decoração: sim ou não?

Descubra tudo sobre os tons neutros

Quero ler este artigo
Eficiência da energia

Saiba tudo sobre a nova etiqueta de eficiência energética

A nova etiqueta de eficiência energética

Quero ler este artigo
jardim

Saiba como construir um jardim vertical

O passo a passo que deve conhecer

Quero ler este artigo

A tecnologia está sempre a evoluir e o ramo imobiliário está em constante mudança.
Queremos garantir que estamos bem posicionados para trabalhar no limiar desta indústria de uma forma significativa para que não nos falte um passo na entrega do melhor produto aos nossos cliente.

SEMPRE A PENSAR EM SI
sempre a pensar em si