Subida das taxas de juro – o papel dos intermediários de crédito

📘  Artigo escrito por Gaiacasas

  ago 8, 2022 | Tempo de leitura 2m

O papel dos intermediários de crédito



Função dos intermediarios de crédito

Com as taxas Euribor em terreno positivo, muitos portugueses começam a repensar os seus encargos e a tentar poupar para épocas mais tensas em sentido financeiro.

Apresentamos os comentários de quem acompanha esta situação na linha da frente.

A subida das taxas Euribor já é uma realidade, para preocupação de muitas famílias com crédito habitação.

Atualmente, as taxas Euribor estão já em terreno positivo e o cenário não se prevê muito animador.

O Banco Central Europeu afirma que as taxas de juro irão subir ainda mais e, face ao que se avizinha, começam a surgir questões sobre como essa subida irá influir na operação de crédito dos bancos.

Segundo Sandra Dias, diretora de Marketing e head of Banking Partnerships do Novo Banco, esta situação é algo para o qual a banca se tem vindo a preparar ao longo do tempo.

Conforme afirmou Sandra Dias:

"Obviamente que nós não íamos ter taxas negativas a vida toda. Temos alguma memória. Ao preparar-nos para isto significa que nós também já começámos a habituar o mercado, seja por vontade própria, seja por obrigatoriedade da parte do regulador, que algumas condições nós não podemos fazer"



taxas de juro na intermediação de crédito




Subida das taxas de juro – impacto no negócio do crédito e mercado imobiliário

No que toca à influência da subida das taxas de juro no crédito habitação, Francisco Ferreira Lima, diretor de Marketing Redes Externas e Intermediação de Crédito da Caixa Geral de Depósitos (CGD), manifesta um ponto de vista positivo.

O mesmo referiu que o negócio do crédito habitação irá continuar. Segundo Francisco Ferreira Lima:

"Os preços do imobiliário vão estabilizar, os spreads vão estabilizar. O custo do dinheiro vai aumentar pela subida dos juros. Há um ajustamento, mas o mercado continua na mesa"

Cláudio Santos, chief commercial officer (CCO) do Doutor Finanças, defende que irá continuar a ver-se crescimento neste setor e apoia a sua perspetiva num facto: a pressão da procura sobre a oferta.

Vai ainda mais longe e reconhece que vai existir uma “luta por quota” no que toca às instituições bancárias. Isso fará com que não haja abrandamento no negócio de crédito habitação.

O papel dos intermediários de crédito em épocas de incerteza financeira

Claro está que todos estes fatores conjugados irão afetar o orçamento das famílias portuguesas.

No entanto, Francisco Ferreira Lima crê que não haverá incumprimento no que toca ao crédito habitação.

Sandra Dias concorda e apoia esta ideia na taxa de poupança das famílias. Segundo Sandra Dias, não é só a banca que se tem vindo a preparar para esta nova realidade, mas também as famílias portuguesas, que parecem estar a salvaguardar recursos para épocas de maior dificuldade financeira.

Um indicativo desse cenário está no volume de depósitos, que aumentou de forma notória durante a pandemia.



Ainda assim, é inegável que estamos em época de grande incerteza financeira. Em momentos como os que agora vivemos, é de suma importância rever os nossos encargos e tomar decisões ponderadas.

Nesse contexto, Francisco Ferreira Lima refere que:

"nunca foi tão relevante o papel de um intermediário de crédito"

Taxa fixa e taxa mista, são seguras? O que dizem os especialistas?

Quem já tem um crédito habitação contratado está também numa situação de incerteza, já que não se sabe até onde podem subir as taxas de juro.

O mesmo acontece com quem pretende comprar casa, recorrendo a crédito habitação.

Assim, surge a questão sobre alternativas às taxas Euribor, com as opções de taxa fixa e taxa mista em jogo.

A taxa fixa envolve a garantia de que a prestação será a mesma até ao final do contrato de crédito.

Alberto Torres, diretor Nacional de Parcerias do Banco BPI, afirma que esta é a melhor opção para clientes que não podem correr grandes riscos de derrapar no orçamento, ou cuja taxa de esforço está no limite. Nestes casos, afirma “a taxa fixa é mais segura”.

A taxa mista, num período inicial, mantém a taxa de juro “congelada”, por assim dizer, no período restante, passa a ser variável.



Renata Carvalho, responsável da Área de Parcerias do Bankinter, afirma que se pode optar pela modalidade de taxa mista com segurança, uma vez que o período em que a taxa se encontra fixa corresponde :

"eventualmente ao tempo que nós achamos que vai haver a maior escalada de taxas de juro, onde se vai sentir mais a subida"

como um intermediario lida com os bancos

"A experiência é o melhor professor. Mas as taxas da escola são altas. - Hegel - professor académico alemão"


copywriter
Gaiacasas

Somos uma equipa apaixonada e motivada com o objetivo de criar uma experiência ímpar a quem compra, vende ou aluga casas. Já são 16 anos a contribuir com dedicação e profissionalismo no sector imobiliário e adoramos partilhar todo o nosso conhecimento com o público em geral.



Obrigado pelo vosso apoio!

A entregar os melhores artigos imobiliários



newsletter

Subscreva a nossa Newsletter

Receba os artigos no seu email semanalmente



Leia mais artigos em Destaque

Imagem do Victor Emanuel

As Mega burlas imobiliárias continuam a existir

Burla imobiliária em Portugal

Quero ler este artigo
Decoração sustentável

10 itens de decoração sustentável para uma casa amiga do ambiente

Decoração sustentável

Quero ler este artigo
 impacto das sanções

Qual o impacto das sanções da guerra no imobiliário?

Impacto das sanções

Quero ler este artigo
Fatores que influenciam o preço da casa

Quanto vale a minha casa e que fatores influenciam?

Fatores que influenciam o preço da casa

Quero ler este artigo
Casas modulares

Casas modulares: uma aposta no futuro

Guia das Casas modulares

Quero ler este artigo
La Redoute

Sabia que a La Redoute abriu uma loja no porto?

A La Redoute já abriu

Quero ler este artigo
Investimento

Como distinguir um bom investimento imobiliário

Tudo sobre investimento imobiliário

Quero ler este artigo
Erros

8 erros a evitar na compra de casa

Evite cometer erros ao comprar casa

Quero ler este artigo
Super mulher na cozinha

Saiba quais são os itens indispensáveis numa cozinha

O que precisa para ser uma super guerreira na cozinha

Quero ler este artigo

A tecnologia está sempre a evoluir e o ramo imobiliário está em constante mudança.
Queremos garantir que estamos bem posicionados para trabalhar no limiar desta indústria de uma forma significativa para que não nos falte um passo na entrega do melhor produto aos nossos cliente.

SEMPRE A PENSAR EM SI
sempre a pensar em si