Vila Nova de Gaia – prédio mais alto do país, pelo grupo Fortera

📘  Artigo escrito por Gaiacasas

  ago 10, 2022 | Tempo de leitura 2,34 seg

Prédio mais alto de Portugal



maior predio em Portugal em Gaia

Contamos-lhe tudo sobre o novo projeto do grupo Fortera, concebido a pensar no investimento estrangeiro.

Ao que tudo indica, Vila Nova de Gaia vai ver nascer o prédio mais alto do país. Está planeada a construção de um edifício de 28 andares pelo grupo Fortera, promotora imobiliária de capitais israelitas.

Este prédio irá ter instalado um hotel de cinco estrelas e um conjunto de serviços de apartamentos de luxo, o que será altamente atraente para no âmbito do investimento estrangeiro, principalmente no que diz respeito a vistos gold.

"Este edifício faz parte do projeto Skyline, a desenvolver na zona central de Vila Nova de Gaia, em General Torres. No que respeita ao valor do investimento, estima-se que ronde os 150 milhões de euros."


Gaia




Skyline – o luxo e conforto de mãos dadas

Elad Drod, CEO do grupo Fortera, afirma que o loteamento de construção deste empreendimento abrange cerca de 54 mil metros quadrados.

Este projeto está prestes a ser apresentado à assembleia municipal para ser aprovado e, se tudo correr conforme previsto, começará a ser construído daqui por um ano.

Este novo edifício de 28 andares irá tornar-se o mais alto de Portugal, destronando, então, a torre residencial de 26 andares que está em processo de construção em Lisboa.

Mas não é só em “altura” que este edifício irá suplantar o que já existe – este prédio irá comportar os apartamentos mais caros de Portugal, com um preço por metro quadrado que se estima ser cerca de sete mil euros.

Todos os apartamentos serão de luxo, transmitindo todo o conforto e requinte de se estar num hotel, mas, ainda assim, estando em casa.

Não é ainda do conhecimento público qual a empresa hoteleira de luxo que irá gerir as brand residences, mas sabe-se que as suas dimensões irão dos 40 aos 100 metros quadrados.

Este projeto é o primeiro que o grupo Fortera delineou para atrair o interesse de investidores estrageiros.

No que diz respeito à arquitetura do empreendimento, o crédito vai para o arquiteto Souto Moura, que venceu o Prémio Pritzker em 2011.

O empreendimento irá ser alvo de cinco fases de construção e nele estará ainda contido um centro de congressos com capacidade para 2500 pessoas, uma praça urbana, 300 apartamentos do segmento médio alto, escritórios e retalho. Contará ainda com um estacionamento para 700 veículos.

Estima-se que em três anos estarão concluídas as obras de construção do hotel, da praça central, estacionamento e centro de congressos.



De início, o orçamento para este projeto era de cerca de 110 milhões de euros, mas está atualmente na casa dos 150 milhões de euros, devido a alterações do desenho de original e também ao aumento de custos de construção.

Neste empreendimento irão participar, além do grupo Fortera, dois outros investidores israelitas.

Investimento na região Norte de Portugal

Já para este ano, o grupo menciona que está previsto iniciar o Alive Residencial, também em Vila Nova de Gaia. Trata-se de um empreendimento destinado à habitação composto por 350 apartamentos.

Elad Drod avança que, ainda em outubro de 2022, irá iniciar-se a construção de 122 fogos, entre T1 e T5, distribuídos em 2 prédios. A nível de valor de investimento, este empreendimento está orçamentado em 40 milhões de euros.

Para além dos apartamentos, o empreendimento propõe-se a oferecer todo o conforto aos seus proprietários, contando com ginásio, espaço para coworking e kids club, por exemplo.

Ainda em 2022, prevê-se que arranque outra obra do mesmo grupo, desta vez no Bonfim, Porto. Diz respeito a um hotel de cinco estrelas, gerido pelo grupo Leonard Royal e também a 210 apartamentos.

Este empreendimento representa um investimento de 90 milhões de euros.

O grupo Fortera, que existe desde 2015 e já concluiu 10 projetos maioritariamente no Porto, está a abranger outras cidades da região Norte, como Espinho e Braga.

Precisamente em Braga, a Fortera recebeu a aprovação para a intervenção no Convento do Carmo, o que irá criar um hotel de quatro estrelas com 71 quartos.

Em Espinho, prevê-se a construção de empreendimentos destinados à habitação e serviços, tendo o grupo já adquirido um lote de terreno com 46 mil metros quadrados.



Mas, Elad Drod já tem os olhos postos noutros concelhos ao redor da cidade do Porto, como Maia e Gondomar.

Para já, devido às poucas oportunidades disponíveis, não está previsto nenhum novo investimento para a cidade do Porto.




cidade com altos edificios

"A razão engana-nos mais frequentemente que a natureza. - Luc de Clapiers Vauvenargues - Escritor"


copywriter
Gaiacasas

Somos uma equipa apaixonada e motivada com o objetivo de criar uma experiência ímpar a quem compra, vende ou aluga casas. Já são 16 anos a contribuir com dedicação e profissionalismo no sector imobiliário e adoramos partilhar todo o nosso conhecimento com o público em geral.



Obrigado pelo vosso apoio!

A entregar os melhores artigos imobiliários



newsletter

Subscreva a nossa Newsletter

Receba os artigos no seu email semanalmente



Leia mais artigos em Destaque

Documento da casa

Ficha Técnica de Habitação – o que é e para que serve

Ficha Técnica de Habitação

Quero ler este artigo
Crianças brincam nos parque temáticos

Parques temáticos em Vila Nova de Gaia

Parques temáticos em Gaia

Quero ler este artigo
Trabalhador a colocar o piso radiante

Piso radiante: vale a pena o investimento?

Piso radiante

Quero ler este artigo
Livros sobre isenções e benefícios fiscais

Centro histórico do Porto – isenções e benefícios fiscais

Isenções e benefícios fiscais

Quero ler este artigo
Irs

Tudo que precisa saber sobre o IRS em 2022

Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Singulares

Quero ler este artigo
Casal a limpar a casa

Como incluir os filhos na limpeza da casa

Limpeza da casa com os filhos

Quero ler este artigo
Crédito pessoal

Como conseguir o melhor crédito pessoal?

Crédito pessoal

Quero ler este artigo
Painéis solares em casa

Painéis solares em casa: vale mesmo a pena?

Painéis solares em casa

Quero ler este artigo
Finanças

É senhorio? Veja como criar acesso ao Portal das Finanças

Acesso às finanças

Quero ler este artigo

A tecnologia está sempre a evoluir e o ramo imobiliário está em constante mudança.
Queremos garantir que estamos bem posicionados para trabalhar no limiar desta indústria de uma forma significativa para que não nos falte um passo na entrega do melhor produto aos nossos cliente.

SEMPRE A PENSAR EM SI
sempre a pensar em si