Calcular as mais valias: O que são e como o fazer

📘  Artigo escrito por Gaiacasas

  jul 17, 2021 | Tempo de leitura 2 minutos

Aprenda a calcular as mais valias da sua casa



o que são as mais valias

Se vai vender a sua casa, saiba que tem de considerar o cálculo das mais-valias para não ter surpresas desagradáveis.
Explicamos tudo sobre o tema.



As mais-valias de um imóvel referem-se à diferença entre o preço pelo qual vendeu determinado bem
e o preço pelo qual comprou o mesmo
, desde que haja um valor positivo.
Se for negativo, então, falamos em menos-valia.

Tal como é referido em Diário da República, nomeadamente no website da DRE, A Lei n.º 2/2014 Artigo 46º do Código do Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Coletivas (CIRS), considera que:

“Mais-valias ou menos-valias realizadas os ganhos ou perdas sofridas mediante a transmissão onerosa qualquer que seja o título porque se opere e, bem assim, os decorrentes de sinistros resultantes da afetação.”

Nesse sentido, as mais-valias tanto podem dizer respeito a bens físicos, como é o caso dos imóveis
– e a vertente naturalmente mais conhecida, como a bens não físicos,
como, por exemplo, produtos financeiros.



Saiba ainda que todas as mais-valias sujeitas a tratamento fiscal
devem ser declaradas no Anexo G da declaração anual de IRS.

Como calcular o valor a pagar

O valor das mais-valias sujeito a tributação em sede de IRS corresponde a 50% do valor do lucro obtido.
Por exemplo, se obteve uma mais-valia de 20 mil euros, apenas 10 mil serão considerados no seu IRS.

Esta fórmula ajuda a compreender:



“Mais-valias = Valor da realização – Valor da aquisição – (Encargos com a realização e aquisição + Despesas com a valorização da casa)”
calcular as mais valias da casa


Quais os dados necessários para o cálculo?

Como vê, são precisas algumas informações para perceber ao certo quanto terá de pagar de mais-valias:

  • Valor de aquisição
  • Ano de aquisição
  • Mês de aquisição
  • Valor da venda
  • Ano de venda
  • Mês de venda
  • Despesas e encargos

Questões importantes a considerar

De acordo com o modelo de cálculo de mais-valias, a Autoridade Tributária (AT)
considera sempre o maior de dois valores: valor de aquisição/realização ou Valor Patrimonial Tributário (VPT)
da casa no momento da transação.

Como indicamos, poderão ser aceites determinadas despesas e encargos, para diminuir o valor a pagar.

São exemplos disso mesmo o Certificado Energético, gastos com obras realizadas no imóvel,
Imposto Municipal sobre as Transmissões Onerosas de Imóveis (IMT), Imposto de Selo,
despesas com registos e escrituras, substituição de janelas comuns por outras eficientes e
até encargos com mediação imobiliária.

Quais as exceções ao pagamento de mais-valias?

O Orçamento de Estado para 2021 trouxe algumas mudanças neste campo.
No geral, saiba que estão excluídas de tributação de mais-valias nos seguintes casos:

  • Aquisição anterior a 01 de janeiro de 1989;
  • Venda de casa destinada a habitação própria e permanente,
    desde que o valor da venda seja reinvestido na aquisição de uma nova casa
    com a mesma finalidade, entre os 24 meses anteriores
    ou 36 meses seguintes à venda;
  • O valor da venda seja reinvestido na compra de um ou mais
    dos seguintes produtos:
  • Contrato de seguro financeiro do ramo vida; ou
  • Adesão individual a um fundo de pensões aberto; ou
  • Contribuição para o regime público de capitalização​.


Nestes três últimos casos, deve saber que, para usufruir destes benefícios de exclusão de tributação,
é necessário que, no momento da venda, o proprietário ou o cônjuge ou unido de facto
se encontre em situação de reforma ou tenha, pelo menos, 65 anos de idade.

Além disso, é ainda exigido que o reinvestimento seja efetuado
nos seis meses após a venda do bem.





mais valias da casa

"Empreender é mandar-se de um precipício e construir um avião durante a queda.." –Reid Hoffman é o co-fundador do LinkedIn


copywriter
Gaiacasas

Somos uma equipa apaixonada e motivada com o objetivo de criar uma experiência ímpar a quem compra, vende ou aluga casas. Já são 16 anos a contribuir com dedicação e profissionalismo no sector imobiliário e adoramos partilhar todo o nosso conhecimento com o público em geral.



Obrigado pelo vosso apoio!

A entregar os melhores artigos imobiliários



newsletter

Subscreva a nossa Newsletter

Receba os artigos no seu email semanalmente



Leia mais artigos em Destaque

Contrato do direito de preferência

Direito de preferência na compra dum imóvel – já ouviu falar?

Direito de preferência

Quero ler este artigo
IMI subiu em 2022

IMI subiu em 2022 - saiba tudo aqui

IMI subiu em 2022

Quero ler este artigo
Vender a casa sem mediação imobiliária

Vender a casa sem mediação imobiliária – é seguro?

Vender a casa sem mediação

Quero ler este artigo
Google

Gaiacasas – no motor de busca da Google em Gaia

Motor de busca - Google

Quero ler este artigo
Manifestações de fortuna – o que deve saber

Manifestações de fortuna – o que deve saber

Manifestações de fortuna

Quero ler este artigo
Plantas de interior

Plantas de interior que se dão bem no tempo frio

Plantas de inverno

Quero ler este artigo
Robot de cozinha

Ter ou não um robot de cozinha? Conheça os prós e os contras

Porquê um robot de cozinha?

Quero ler este artigo
Tons

Tons neutros na decoração: sim ou não?

Descubra tudo sobre os tons neutros

Quero ler este artigo
comprar duas casas

Tudo o que precisa saber para uma segunda casa

O que fazer para comprar a segunda casa?

Quero ler este artigo

A tecnologia está sempre a evoluir e o ramo imobiliário está em constante mudança.
Queremos garantir que estamos bem posicionados para trabalhar no limiar desta indústria de uma forma significativa para que não nos falte um passo na entrega do melhor produto aos nossos cliente.

SEMPRE A PENSAR EM SI
sempre a pensar em si